Marque sua Sessão

Sexologia

A orientação sexual existe para trabalhar as dificuldades sexuais, com a objetividade da cura do sintoma sexual empregando-se técnicas psicológicas concomitantemente de um modo focal e breve, melhora de sua sexualidade com os aspectos biopsicossociais, ou seja, físicos, emocionais e sociais

O orientador sexual busca a melhora da atividade e ao mesmo tempo procura melhor relacionamento entre o casal ou processo individual de autoconhecimento. A sexualidade humana, configura-se como uma das áreas mais intimas do indivíduo, e deve ser tratada com respeito, profissionalismo e ética.

A maior parte dos distúrbios sexuais não se deve a traumas psíquicos profundos, mas a desajustamentos causados por desinformação e crises, estresse do dia a a dia, cobranças individuais, ás vezes passageiras e de convivência.

O Psicólogo estará preparado para ajudar o paciente a solucionar dificuldades envolvendo problemas sexuais, como: impotência, falta de desejo, perda de libido, ejaculação sem controle ou precoce, vaginismo (dor na penetração), falta de orgasmo (anorgasmia), problemas de incompatibilidade sexual do casal ou de parceiros, falta de vontade para o sexo, compulsão sexual, entre outros.